Insira o seu endereço de e-mail para subscrever a mailing list

Início / Entre nós / Fragmentos de santidade

Irmã Maria do Carmo

 

A Irmã Maria do Carmo foi uma mulher disponível, serviçal, trabalhadora, dedicada, simples, humilde, fervorosa e missionária.
Era muito humana e preocupava-se com os problemas dos que a rodeavam. Estava atenta a todos.
Foi amiga dos pobres e manifestava compaixão pelos doentes e pelos idosos. Visitava-os com frequência, levava-lhes a Comunhão e dispunha de tempo para conversar com eles. Não gostava de ver as pessoas a sofrer, pelo que tinha sempre uma palavra amiga para as confortar.
Percorreu terras de missão em completa gratuidade, nomeadamente em Angola. Foi missionária e amiga dos missionários toda a vida. Nos últimos tempos, apenas através da oração, mas sempre com o mesmo ardor e entusiasmo.
Foi professora de Francês e, nos últimos anos, de EMRC no 1.º Ciclo. Sobre esta última experiência, partilhava com a Comunidade o gosto e a alegria que sentia em poder leccionar esta Disciplina.
Procurava estar informada sobre os acontecimentos do mundo e levava-os à oração. Sempre demonstrou ter uma fé sólida. Gostava de ser pontual e fiel aos actos comunitários. Sempre que podia procurava ajudar e aliviar as Irmãs e evitava sobrecarregá-las. Dava grande valor à Eucaristia, na qual participava diariamente, e sofria quando se apercebia de que alguma Irmã n’ Ela não podia participar.
Era também muito amiga de Nossa Senhora. Nos meses Maio e Outubro, em Cascais, Comunidade onde viveu nos últimos anos, gostava de rezar o Rosário com as pessoas que, por motivo de celebrar a Eucaristia, frequentavam a Capela do Colégio.
Prezava muito a vivência da pobreza e tinha um grande sentido de justiça. Era exigente consigo e com os outros, mas não guardava ressentimento.
Estimava a sua família de sangue, procurando apoiá-la nos seus problemas e partilhava muito com o seu Irmão Sacerdote.
Os últimos meses de vida foram de grande sofrimento, mas a mulher forte que conhecemos foi visível e presente até ao momento do abraço com o Pai.

Ir. Maria do Carmo, desde o Céu, intercede pelas tuas Irmãs que ainda caminham na Terra.