Insira o seu endereço de e-mail para subscrever a mailing list

Início / Coord de Missão / Artigos

NÓS em Missão

"Recrutarei pessoas generosas que queiram servir a Deus gratuitamente.”  E que “Jamais esqueçam o fim santo da sua vocação: a educação por amor de Deus e para Deus.”
Em tempo de Família, este, a que já todos nos habituámos a chamar “Tempo Azul”, (o que vai entre o nascer da Congregação, e o regressar a Deus do Venerável Jerónimo Usera), queremos, neste novo espaço, a que chamamos NÓS EM MISSÃO, começar por evocar o visão de Usera para as que quis chamar “Irmãs do Amor de Deus”: Seriam pessoas generosas que, livre e gratuitamente, se entregassem ao serviço de Deus. E que serviço? Com que fim? “Educar por amor de Deus e para Deus.”
Passados 145 anos, aí está, bem vivo, o desafio. Ele é muito forte. Não tanto porque educar, neste nosso presente, é já por si uma complicação, mas porque implica o conhecimento de Deus. Sim, sim, o conhecimento de Deus. Esse conhecimento que se alcança à medida que o amor nos vai alcançando. Ninguém conhece o que não ama e ninguém ama o que desconhece. Logo, educar por amor de Deus, significa, no mínimo, conhecer Deus, amar Deus. E se O não amo, como posso atrever-me a dizer que educo por amor d’Ele?
Na verdade, educar por amor de Deus, exige-nos, antes de mais, uma grande honestidade. Uma grande coerência. Uma vida de oração profunda e constante, onde o amor de Deus, que através Jesus, mora no nosso coração, possa fluir, gerar vida, relação e conhecimento do Seu querer. Pois amar a Deus consiste em guardar os seus mandamentos, em fazer a sua vontade. Só assim, o que dizemos e fazemos não corre o risco de se esfumar. “Sem Mim, nada podeis fazer.” 
Mas a nossa vocação, no pensamento do Venerável Jerónimo Usera, não termina no educar por amor de Deus. Compete-nos educar para Deus. Sermos expressão, “manifestação permanente do amor gratuito de Deus”, por forma a que, através de nós, os educandos vão descobrindo Deus.
Educar para Deus, é educar para a escuta da sua Palavra. Essa “Palavra viva e eficaz”  que provoca a fraternidade, a solidariedade, a paz e a alegria.
É exigente ser educador “Amor de Deus”, mas é belo e nobre. É estar em permanente dinâmica, em busca constante da vontade de Deus e dos anseios mais profundos do coração daqueles a quem somos enviados, e para os quais, só Deus é resposta, e eles não sabem.
Levamos, assim, em nossas mãos tão frágeis este brilhante tesouro. Nós e todos aqueles Leigos que foram alcançados por este dom, o Crisma Amor de Deus.
E é no quotidiano que o queremos viver. Na relação simples do dia a dia. Ajudando-nos mutuamente a caminhar, como família. Com a certeza de que Aquele que através de Jerónimo Usera começou em nós tão bela obra, a levará por diante.

A Coordenação de Missão